17 fevereiro 2006

Guarde o coração


Porque dele procede a fonte da vida. Se há uma jóia que carregamos dentro de nós, rara, frágil e ao mesmo tempo resistente, é o coração. A capacidade de amar, odiar, de ensoberbecer, de humilhar-se, tudo provém dele. Se isto é fato, então o coração deveria ser minha maior preocupação e meu maior investimento. Neste coração posso abrigar ódio, rancor, amargura e tantas outras tranqueiras que minam minha energia vital, minha alegria e minha capacidade de viver livre, desfrutando a vida que recebo do criador. Como vai o meu coração? Eis a pergunta. O que tenho armazenado dentro dele? Sentimentos que o vitalizam ou que roubam a sua alegria e força?
Que Deus me ajude a guardá-lo como a um tesouro muito precioso!

10 fevereiro 2006

Prudência é Tudo

"O homem prudente não alardeia o seu conhecimento, mas o coração dos tolos derrama insensatez"

Theatro Municipal - As bodas de Fígaro

Ontem fui ao Theatro com minha irmã assistir As Bodas de Fíguro de Mozart. Líndissimo espetáculo, figurino maravilhoso. Embora não entendendo nada de música, admiro as vozes. Sem dúvida nenhuma a mais bela voz nesta obra é da Denise Freitas, no papel de "Cherubino". Aliás eu a conheci no Theatro fazendo "João e Maria" . Esta mulher é D+. Parabéns! Me diverti bastante, embora tenha saído um tanto cansada porque o espetáculo é bastante demorado, mas valeu! Obrigada pelo convite!