31 outubro 2008

Não sei se era um anjo vestido de gente ou gente vestido de anjo. O fato é que hoje, num dia tumultuado, um anjo por nome Eunice passou em meu escritório para dar-me um presentinho cheioroso. Como foi lindo! Senti-me tão amada! Ao tomar o presente nas mãos, senti como Deus me dizendo que Ele passou ali apenas para perfumar o meu ambiente, algo que agradasse ao meu olfato.

Num dia qualquer, sentimos muitos cheiros: cheiro de chuva, de poluição, de café, de comida, de gente suada, de bebe, cheiro de máquinas, de sujeira, de flores, de chocolate, de perfume, de sabonete, enfim muitos cheiros. Há cheiros que não sentimos pelas narinas, mas são sentidos pelo coração: cheiro de maldade, de vingança, de crueldade, de malícia, de palavras atravessadas, cheiro de trapaças, de suborno, de traição.

Isso me remete a um principio bíblico de que por onde passamos exalamos um perfume, o bom perfume de Cristo. Por onde Ele andava, ele exalava um cheiro suave de compreensão, de cura, de consolo, de afago, de esperança. À semelhança de Jesus, Eunice não apenas tocou o meu olfato, mas tocou o meu coração, fazendo-me sentir querida, amada e lembrada.

Ah Deus, por onde quer que eu ande, quero exalar sempre um bom perfume. Que ao sair de um ambiente, eu deixe lá um aroma suave que toque o coração das pessoas. Um cheiro gostoso! Obrigada Eunice pela lição!

Meus sobrinhos Mateus e Vinicius e uma amiguinha deles!

30 outubro 2008

Uma Oração!!

Por Ieda Maria de Oliveira

"Quem dera fossem firmados os meus caminhos na obediência aos teus decretos. Então não ficaria decepcionado ao considerar todos os teus mandamentos. Sei Senhor que as tuas ordenanças são justas e que por tua fidelidade me castigaste. Seja o teu amor o meu consolo, conforme a tua promesa. Alcance-me a tua misericordia para que eu tenha vida! A tua palavra é lampada que ilumina os meus passos e luz que clareia o meu caminho. Passei por muito sofrimento; preserva, Senhor, a minha vida, conforme a tua promessa. Sustenta-me, segundo a tua promessa, e eu viverei; não permitas que se frustrem as minhas esperanças. Ampara-me e estarei seguro. Andei vagando como ovelha perdida; vem em busca do teu servo, pois não me esqueci dos teus mandamentos"

Uma coletânia do Salmo 119

21 outubro 2008

SEM PERDÃO

Escrevo da perspectiva daqueles que já padeceram da terrível experiencia de errar uma vez na vida e de inutilmente tentar se retratar mas sem sucesso. Por mais que se queira, que se tente, que se arrependa, ainda assim, sem perdão. Ficou manchado, marcado, foi para o brejo a confiança, a reputação, a amizade e tudo de bom que pelo menos na fantasia pensavamos ter.

São situações na vida que teremos que carregar pra sempre, salvo a certeza de que há um Deus que a despeito de nossos erros, é capaz de se compadecer e apagar as nossas transgressões. Que bom que existe Deus. Um Deus que a despeito de nossa reputação agora manchada, mal olhada, consegue olhar o nosso coração.

Alguém já disse que nossa reputação é algo externo, que outros atribuem a nós. De um dia para outro no entanto, nossa reputação de honradez pode cair na desgraça e de um momento para outro nos tornarmos desgraçados e mal falados. Todavia, o caráter não é assim. O caráter diz respeito a algo interno, que os homens não veem. É algo íntimo e nesse lugar, só há lugar para um olhar: o de Deus. Que Ele tenha misericordia de mim e veja o meu interior e não me rotule de mal caratismo.

Não é fácil lidar com isso. Não é facil não ser contaminada com o olhar reprovador do outro, com a rotulação, com a desaprovação e ainda assim andar de cabeça erguida porque ELE (Deus) sabe das verdadeiras intenções. Não é fácil saber que a despeito de todas as tentativas, o outro não lhe dá a chance de se retratar e dizer as razões. Não é facil poder se justificar e pelo menos TENTAR dizer as razões das ações se é que elas existem.

Mas... parafraseando Jesus Cristo: apenas quem não precisa de perdão tem o direito de não perdoar.....